terça-feira, 5 de outubro de 2010

Hoje é só saudade.

Dia cheio, muitos pacientes e pra fechar a tarde tenho supervisão. Bóra finalizar esse artigo!
Mas tô saindo de casa pensando na volta. Amanhã não terei tempo então tenho que arrumar a mala ainda hoje. Esses intervalos prolongados sem a tua presença estão acabando comigo. Mas tudo isso está próximo do fim! Uma semana cheia de mimos e surpresas... É disso que estou precisando, é renovação. Acordar e sentir teu calor. Ou, sentir frio dormindo porque tu é muito calorento. Whatever, poder dormir do teu lado espanta qualquer estresse. Transforma os problemas em soluções. A ansiedade me consome em cada véspera de viagem. Me espera que eu tô chegando!
E agora tenho que trabalhar, porque não é hoje. Por enquanto é só saudade.

4 comentários:

tiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Lenjob disse...

Muito interessante seu blog.
Muito bom!! Aguardo você no meu, http://lenjob.blogspot.com que todos os dias atualizo com cinco novos poemas meus.

João Lenjob

A Flor
João Lenjob

Criei um belo jardim
Que eu só queria uma flor
A flor que eu gostava
E que todo dia regava
E todas poesia soletrava
Com todo grande amor
Para a flor sorrir pra mim
Na ilusão
De tê-la só para mim
O maior erro foi pensar assim

Regava com todo carinho
A fim de ser único em seu caminho
Ela sorria com sua fineza
E eu não era o único a ver sua beleza
E sofria com enorme dor
Achando que era dela o amor
Alguém para beleza contemplar
E percebi que sempre devo regar
A vontade jamais negar
Para fazê-la sempre mais bela
A flor mais linda, mais singela
Que infelizmente a quis para mim.

tiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu, ΞĐU disse...

Oi...
Muuito bom o seu blog, suas idéias e seu bom gosto. Parabéns pelo trabalho.
Estou te seguindo.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)